segunda-feira, 9 de março de 2009

O Ato

Transcorreu festiva e pacificamente, com interdição apenas parcial da Alameda Barão de Limeira. Faixas e cartazes, sistema de som, cobertura (limitada) da imprensa. Os discursos foram afinados com a ocasião, e a disponibilidade irrestrita do microfone não acarretou monotonia às manifestações.
A Folha de São Paulo acusou o golpe. Mobilizou seus funcionários para cobrir o evento e, na edição de ontem, surpreendentemente, noticiou-o. Louve-se, justiça seja feita, a isenção da matéria: relatou um contingente honesto de manifestantes (300 pessoas; no sábado, Eduardo Guimarães confidenciou-me ter chegado à mesma contagem, concordando com a minha, feita separadamente), divulgou o texto do abaixo-assinado na íntegra e inseriu um falso mea-culpa do editor Otávio Frias Filho.

Demorou, mas o jornal foi questionado pela sociedade, que deu uma demonstração de capacidade mobilizadora que parecia extinta. Oxalá floresçam gestos semelhantes contra Veja, Estadão e semelhantes. E não nos esqueçamos do julgamento da Lei de Anistia pelo STF, que ocorrerá em breve.

5 comentários:

Junior disse...

Simplesmente meus parabéns a todos envolvidos com esta ação.

Anônimo disse...

O patrão da fsp pode ter certeza que esses 300, são só a ponta de um colossal iceberg. Abraço. Roberto.

Anônimo disse...

Olá
Sou editor do blog Jornalismo B (www.jornalismob.wordpress.com), e gostaria de fazer um parceria com o seu blog, através da troca de links. Seria possível?
Obrigado
Um abraço
(Peço que entre em contato pelo email bjornalismob@gmail.com)

Alexandre Haubrich

diel26 disse...

de todos os blogs que leio, de gente inteligente, antenada, o seu é diferenciado. ainda que conciso, é de uma claresa, de uma lucidez que impressiona, aqueles que como eu, deixam-se levar pelas emoções!
sou teu fã. só axo q faltam mais posts, mas vc eh quem sabe as razões.
parabéns!

Guilherme Scalzilli disse...

Diel26,
obrigado pelo elogio, é um grande incentivo. Continue participando e ajudando na divulgação deste humilde espaço. Quanto às postagens, são esparsas por falta de tempo. Mas continuarei perseguindo o ideal de postagens diárias, que pretendo atingir em breve.
Abraços do
Guilherme