quarta-feira, 1 de abril de 2009

Castelo de hipocrisia

Investiga-se um vasto esquema de corrupção envolvendo quase todo espectro político nacional, ministros do Tribunal de Contas da União e uma das maiores empresas do país, e tudo que a grande imprensa consegue é pedir temperança à autoridades e criticar os servidores que nada fazem além de cumprir seu dever funcional.
Onde está agora a turma do “Cansei”? Não era apartidário e desapegado? E a OAB, calará? Ou defenderá a concessão de habeas corpus para empresários, enquanto pobres diabos padecem anos nas masmorras do sistema penitenciário sem que alguém descubra que suas penas já expiraram ou seus processos foram irregulares? E as redações, estarão dispostas a investigar todos os casos de abusos policiais ocorridos nas delegacias da capital paulista, ou sua indignação só serve para a Daslu e a Camargo Corrêa? E os nobres ministros do STF, perderão a pressa, ou violarão procedimentos para impedir que os crimes da Camargo Corrêa prescrevam? E os probos parlamentares da oposição, não lhes interessa agora propor uma CPI?
Um bando de hipócritas ideológicos, eis o que são. É fácil comparar negativamente as atuações de nossos promotores e delegados federais com as dos congêneres estadunidenses, mas não se ouviu uma só voz na imprensa gringa chamando a prisão de Bernard Madoff de pirotecnia ou exagero. Agora que o esqueleto apareceu no baú de PSDB, DEM (PFL), Fiesp (a Fiesp, senhores!) e asseclas, os jornais abraçam a prudência e o rigor apurativo. Engraçado lembrar Freud Godoy, né mesmo?
Mas há de se ter um certo cuidado com tudo isso. Bastou Paulo Skaf inventar uma candidatura a governador paulista (atrapalhando os planos de José Serra para 2010), e surge misteriosamente uma ação da PF jogando areia na idéia. Algo semelhante aconteceu com Roseana Sarney, em 2002.

Um comentário:

IAMoraes disse...

"Agora que o esqueleto apareceu no baú de PSDB, DEM (PFL), Fiesp (a Fiesp, senhores!) e asseclas, os jornais abraçam a prudência e o rigor apurativo":

Logico, desde que salve a pratica da espionagem pra eles e a pratica da "justica" pro resto da populacao brasileira.

Que se afundem.