quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Lembrança da Feira


Acima, todo pimpão, no último dia da Feira de Santa Cruz: com Lupe Zampieri, Menalton Braff e Ignácio de Loyola Brandão.

Deixo com essa imagem meu agradecimento aos mestres, pela generosa receptividade, e à organização da Feira, por me conceder a oportunidade de aprender com eles. Também aos atenciosos alunos do colégio Camões. E ao Mario Prata, que esperou pacientemente, enquanto eu violava o Código de Trânsito para encontrá-lo.

2 comentários:

Miguel disse...

Parabéns, Guilherme, ficou muito bem na foto com essas FERAS! Mas o verdadeiro motivo para te mandar essa mensagem, ou melhor, desabafo é o seguinte: Não aguento mais esse clima horrendo, para não dizer medieval, que estamos vivendo! O que é isso, companheiro? Nunca consegui ver muita honestidade na política em geral, mas PQP!, que clima horroroso estamos presenciando, vivendo?! Se aquele careca tenebroso vencer (acho muito difícil, mas...), ele só vai conseguir isso POR CAUSA DE TODA ESSA BAIXARIA, ESSE ESGOTO FÉTIDO QUE SE ESPALHA FEITO PRAGA! Ou seja, não vai vencer por nenhum mérito dele ou do seu partido, mas unicamente por conta de um monte de mentiras e calúnias associadas ao obscurantismo religioso e à manipulação dessa mídia porca! Infelizmente, eu me convenço cada vez mais que a GRANDE MAIORIA DA POPULAÇÃO "só tem cabeça para colocar chapéu por cima", como diz o velho matuto. E se é para JOGAR SUJO, por que o PT não aproveita o momento para dizer que FHC e Serra também são favoráveis à legalização do aborto ou, sei lá, nem sei mais o que penso sobre tudo isso. Nessas horas dá vontade de me mandar pra Nova Zelândia! Ô raça!!

Guilherme Scalzilli disse...

Miguel, obrigado pelo elogio. Você tem toda a razão, essa turma está disposta a descer muito baixo. E desconfio que nem começaram a pegar realmente pesado. Mas esse é mais um motivo para que não baixemos a guarda e continuemos vigilantes, aprimorando as discussões e denunciando os sacripantas. Há muito a fazer nessas próximas semanas.
Um abraço do
Guilherme