terça-feira, 3 de julho de 2012

Na faixa














Aconteceu de novo: a Ponte jogava melhor que o Vasco e o empate já parecia lucrativo para os cariocas. Eis que, aos trinta do segundo tempo, o árbitro Fabrício Neves Correia teve a chance de marcar um pênalti providencial a favor do time da casa. Não houve a infração e o juiz estava perto o suficiente para saber disso.

Somando o pênalti não marcado contra o Atlético (MG) e o escandaloso gol do Flamengo, já são quatro pontos afanados da Macaca.

2 comentários:

Banana Mecânica disse...

Preocupe-se não,
tem um lugar reservado para a Maca
na série besta.

Guilherme Scalzilli disse...

Tá vendo? Depois eu tripudio e vão me chamar de fanático... :P