sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Futuro tenebroso para São Paulo

Os propagandistas de Gilberto Kassab tentam esvaziar os debates sobre a sucessão paulistana, alimentando a histeria antipetista e evitando temas incômodos. Mas a possível reeleição do prefeito acarretará conseqüências gravíssimas, que precisam ser denunciadas enquanto alguma reviravolta ainda parece viável.
Kassab é instrumento de um golpe eleitoral engendrado por José Serra. Em apenas dois anos, o governador apoderou-se de duas gigantescas máquinas administrativas, povoando-as de correligionários comprometidos com seu projeto presidencial. E esse delírio hegemônico, realizado com a truculência característica do personagem, tende a perpetuar-se para além de 2010.
Alguém ponderará que a manobra tem respaldo popular. Mentira: Serra está enganando os eleitores. Primeiro renunciou à Prefeitura, rompendo compromisso de campanha. Depois “permitiu” que seus protegidos tucanos trabalhassem para uma candidatura adversária. Agora, alia-se a inimigos históricos do próprio PSDB.
Cabe lembrar que o partido surgiu como repúdio à ascensão do quercismo, e desde sempre combateu os disparates malufistas. Seria inimaginável, por exemplo, ver Mário Covas ou Franco Montoro enlameados com Paulo Maluf, Celso Pitta e Orestes Quércia por simples conveniência eleitoral. A ressurreição desses entulhos políticos destrói a coerência programática e a identidade partidária que mal sobreviviam no PSDB.
Mas os neokassabistas não estão acostumados sequer à companhia do antigo PFL. Os militantes do PPS de Soninha Francine engasgam em malabarismos retóricos para explicar que o DEM, a Arena da ditadura, o PFL de ACM, transformou-se em direita ilustrada, dirigida por liberais honestos como Jorge Bornhausen e César Maia. O mesmo constrangimento leva à defesa da medíocre administração Kassab.
Aqueles que denunciaram a “ruína ética” do PT usam-na agora como justificativa para a própria desmoralização. Revitalizando a hipocrisia revanchista do movimento Cansei, querem substituir mensaleiros por reacionários usurpadores. Falso dilema. Não é necessário ser petista, aloprado ou barbudo para repelir os fantoches das hordas mais corruptas que já se locupletaram do erário paulista.
O voto anti-Marta pode ter hoje um agradável sabor de vingança contra o governo Lula e sua aprovação inédita. Mas, daqui a dois anos, o senador Quércia, a prefeita Alda e o governador Kassab darão a essa grande molecagem contornos muito sombrios.

16 comentários:

Giovanni disse...

Guilherme, teu artigo é muito semelhante a tudo o que vivo dizendo para as pessoas que tentam me convencer a deixar de votar na Marta e passar para o lado dos "vitoriosos", mas não adianta: como escreveu Mino em seu blog, as vitórias de Erundina e de Marta em São Paulo foram exceções à regra paulista e paulistana, que sempre acaba caindo nos Jânios, Quércias, Malufs, Pittas e agora Kassabs e Serras da vida. Não adianta: politicamente falando, a cidade de São Paulo é um caso perdido.

Groo disse...

Eu sou paulistano mas moro em Salvador há 10 anos.

E a conjuntura daqui é bem complicada, com PSDB ( fraquíssimo regionalmente, só serve para reeleger eternamente Jutahy Magalhães) apoiando o PT (fortalecido graças ao governador Wagner e ao presidente Lula), com o DEM derrotado migrando uns para PMDB, outros até para o PT, enfim, é uma bagunça.

Mas o foco sempre foi derrotar o carlismo. Conseguiram tanto que vai ser muito difícil o carlismo retornar ao menos em Salvador.

Em SP a coisa é impressionante. Eu fico assustado com esse tucanato que manda e desmanda no estado e na cidade e já faz tempo. O povo fala tanto de Sérgio Mallandro, Frank Aguiar, Clodovil, Leokret, etc, mas a coisa mais bizarra que eu vi nessas eleições foi Gabriel Chalita ter a maior votação para vereador em SP e contando com votos de muitos professores.

Como disse o amigo, talvez a cidade de SP seja mesmo um caso perdido.

DANIEL PEARL disse...

GUILHERME, gostaria do seu apoio na divulgação do novo vídeo: “KASSAB, O PIOR”. Imperdível. Liberado para publicação no seu blog. O endereço no Yuo Tube:
http://www.youtube.com/watch?v=7q10XoKM15w
Um abraço, Daniel – editor do Desabafo Brasil:
http://desabafopais.blogspot.com/

Anônimo disse...

Marta divulga campanha homofóbica. É um bom exemplo de "politização" da campanha?

Guilherme Scalzilli disse...

Homofóbica por quê? Solteiros sem filhos são homossexuais? Aliás, Kassab é homossexual? E se fosse, haveria algum problema? Para mim isso é completamente irrelevante, mas talvez um eleitor sinta-se no direito de saber. Aliás, se todos concordamos que a questão é irrelevante, por que não seria irrelevante também para os adversários de Marta Suplicy?

Anônimo disse...

Pouca coisa é pior do que mensaleiros... não voto em Sampa, mas jamais votaria em Marta.

Numa simplória análise política, o PT está num mato sem cachorro:

Se Marta perder, é ruim.

Se Marta vencer, aimeodeos, ninguém segura essa perua. Vai querer ser candidata no lugar de Dilma... e terá apoio nas bases... e vai atrapalhar muito os planos do PT.

Qualquer que seja o resultado, paulistanos, o negócio é seguir o conselho da ministra:

Relaxa e goza!!!

Anônimo disse...

Seu artigo lembra as teorias da conspiração esquerdopatas.
Covas foi apoiado sim por Maluf. E falou na TV que isso muito o honrava (eu vi), o que depois foi usado por maluf contra o próprio Covas. Marta já foi também e não recusou.
As insinuações foram sim preconceituosas, bem sutis, mas foram. As justificativas então, o que é isso- "eu não sabia"- parece o presidente. Nada mais PTista- não assumem nada de errado.
O Kassab não é santo. A Marta é?
E essa baboseira de levantar o passado, ARENA, ditadura.... chega dessa besteira. No Brasil precisa ter sido guerrilheiro, baderneiro ou marginal subversivo para ser considerado correto??

FORA MARTA. Ela merece.

Mas político-sabe como é. Daqui a algum tempo ela e o Kassab estão aos beijos.

Marcus

Bruno Ribeiro disse...

Marcus disse:

"No Brasil precisa ter sido guerrilheiro, baderneiro ou marginal subversivo para ser considerado correto??"

Perdeu a discussão aí, meu caro. Já deu pra sacar seu nível.

Anônimo disse...

Caro Bruno,

Essa arrogância esquerdopata já cansou.
A marta vai perder mesmo.
Repito- essa bobeira de ditadura já era. O que importa é fazer as coisas.
Esse terrorismo é pura baboseira. Ninguém dá mais bola para isso.

Precisa ter sido torturado para ser competente?? o que importa é a competência meu caro. empreendedorismo. Geração de lucros. isso é desenvolvimento.

Marcus

Guilherme Scalzilli disse...

Não, Marcus,
a ditadura não está superada. As violências cometidas pelo regime militar ainda precisam ser esclarecidas, divulgadas e punidas. E, cedo ou tarde, serão.
A população tem o direito de saber que partidos ou políticos apoiaram o golpe, o massacre do Carandiru, as roubalheiras de Maluf/Pitta. Para ser prefeito, não precisa ter sido torturado; basta não ser autoritário, nem mentiroso, nem ladrão. Somando tudo, me parece que Kassab deixa de ser uma possibilidade.

Giovanni disse...

Recuso-me a ficar discutindo com gente que nem assina o que escreve.

Curioso nesse povo é a incoerência. O PT não pode cometer um deslize, já seus adversários, esses podem tudo.

FHC, pobre coitado, não sabia que estavam distribuindo R$ 200 mil para cada deputado e senador que topasse votar a emenda à Constituição para armar sua própria reeleição. E também não sabia que o país estava praticamente para ficar sem luz.

Nunca vi ninguém indignado por causa disso.

Geisel disse em sua biografia que não sabia que os presos políticos eram torturados nos porões da ditadura.

Eternamente, dois pesos e duas medidas. Uma hora isso enjoa.

Anônimo disse...

O problema gulherme, é este eterno eco da ditadura. Sempre que temos alguém como a Marta de um lado, tenta-se colocar como condição "sine qua non" para a decência ter sido um "defensor da liberdade".
Esta coisa de tentar colar no Kassab o PFL, os coronéis, e a própria ARENA é uma besteira.
Está na moda querer vasculhar os porões da ditadura. Este problema já foi resolvido. Fizeram a tal lei da anistia.
Chega de querer dar uma de libertador. Ainda bem que isso nao adianta nada, como vemos nos resultados da Sra marta. Que fique claro- tampouco simpatizo com Kassab. contudo, dos males o menor.

marcus

Anônimo disse...

http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI2914228-EI6578,00.html

É isso. quem são esses terroristas para falar de alguma coisa?

Guilherme Scalzilli disse...

Ah, se um homem probo como Jarbas Passarinho falou, deve ser verdade mesmo. Vade retro!

Anônimo disse...

bom, vamos agora aguardar o "futuro tenebroso".
Certamente será tenebroso, independentemente da conduta do prefeito- isso em função do desaceleramento econômico global.
Numa cidade secularmente imunda e caótica como esta, pouco podemos esperar.
Com o Lula é igual. A economia vai bem porque o mundo vai bem. Vamos ver agora. As bravatas do Lula só colam nos rincões do nordeste onde a triste ignorância do povo é combustível para esse populismo esquerdopata.
Marcus

Anônimo disse...

Vejam este link:

javascript:Janela('http://veja.abril.com.br/idade/podcasts/mainardi/integra_221008.html','INTEGRA','535','535');

marcus